poesia para vênus em sagitário

Leave a comment
vênus

Eu conheço os teus passos
Teus caminhos, desconfio
Percorro a língua em tua (estrada)
Busco o céu (da boca) de tua chegada
Sinuosa
Silhueta
Amplamente desbravada
Ardentemente conhecida
Incansável percorrer
De mistério
Fogo
E dança
Que fazendo que não faz
Adormece em (pequena) morte
e grandiosa entrega.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *